terça-feira, 5 de maio de 2015

TINTURA DE AMORA E O CALOR DA MENOPAUSA


As famosas “ondas” de calor, típicas da menopausa, são queixas comuns na clínica de acupuntura. Sinais e sintomas como secura vaginal, irritabilidade, dor de cabeça, insônia, diminuição da libido, menstruação irregular e ondas de frio também podem estar associados a este período em que há diminuição da produção de estrógeno.
A amora, Morus alba ou Morus nigra , é conhecida como “planta reguladora dos hormônios”, pois estimula a produção hormonal pelo próprio organismo. Desta forma, é indicada para combater os sintomas da menopausa, uma vez que estimula a produção de estrógeno.  Recomendo a ingestão na forma de chá (da folha ou casca/caule) ou de tintura (deve-se diluir 30 gotas em água e ingerir 3 vezes ao dia, por no máximo 90 dias). A tintura é facilmente encontrada em farmácias de manipulação.
Outros benefícios da amora são: anticancerígena, combate a osteoporose, depurativa do sangue, anti-séptica, vermífuga, digestiva, calmante, diurética, laxativa, refrescante e antioxidante. Previne infecções urinárias, úlceras e câncer de estômago. Melhora o funcionamento do fígado e dos rins, diminui a pressão arterial e a glicemia.

De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, a menopausa ocorre pela deficiência de Yin do Rim, com conseqüente “fogo”  no Coração. O tratamento consiste, portanto, em tonificar o Yin do Rim e tratar os sinais e sintomas de calor. A amora enquadra-se perfeitamente nesta caso, pois fortalece o Yin do Rim e do Fígado, além de diminui o calor diretamente por ser de característica energética fria.
Outros alimentos indicados para a menopausa (tonificam o Yin e dispersam o calor) são: soja, umeboshi (ameixa japonesa), suco de melancia, suco de melão com hortelã, ovo de codorna, repolho, morango, feijão preto, verdurasverde-escuras, clara de ovo, pêra e maçã. Introduza estes alimentos de forma que se tornem comuns em sua dieta.
É importante lembrar que o acompanhamento médico é essencial e que os alimentos indicados são importantes auxiliares no tratamento e prevenção das doenças, mas podem não substituir as medicações.
                                                                                                  
   Site: Acupuntura e Saúde



                                   Maria Clara Melotto  & Jeane Godoy