quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

                Receita de conserva de gengibre 
O gengibre é fonte das vitaminas C, B3 e B6, além dos minerais cálcio, ferro, selênio e zinco.
Ele é muito bom no tratamento de diversos distúrbios de saúde, como náuseas, dores de cabeça, gripes, resfriados, diarreias, dores de estômago e de doenças reumáticas, especialmente osteoartrose e artrite reumatoide.
Além disso, tem ação bactericida, anti-inflamatória e termogênica.
A atividade termogênica do gengibre (ou seja, ele acelera o metabolismo) faz com que essa raiz seja uma importante aliada de quem busca um emagrecimento saudável.
Ele sacia a fome e queima gordura localizada.
E, por isso, é perfeito para a desintoxicação do organismo.
O gengibre ainda apresenta propriedades terapêuticas sobre o sistema digestivo, pois estimula a liberação de enzimas que promovem o esvaziamento do estômago.
E pesquisas já comprovaram o potencial dessa raiz para baixar o nível do colesterol.
Todas essas virtudes do gengibre podem ser aproveitadas de uma forma bem saborosa: consumindo a conserva de g
engibre.
Esta receita é muito fácil de fazer.
Anote:
CONSERVA DE GENGIBRE

Ingredientes
:
1/2 kg de gengibre sem casca
1 xícara de vinagre de arroz (se não tiver, pode substituir pelo de maçã)
3 colheres (sopa) de sal
1/2 xícara de açúcar mascavo

Modo de preparo

Corte o gengibre em fatias bem finas.
Ponha as fatias numa panela com água e cozinhe até que levante fervura.
Escorra a água e deixe esfriar.
Em outra panela coloque o vinagre, sal e açúcar e leve ao fogo até ferver.
Desligue e espere esfriar.
Quando tudo estiver frio, misture o gengibre com o líquido formado pelo vinagre, sal e açúcar.
Uma dica importante: o gengibre deve ficar totalmente imerso no vinagre.
Tampe e deixe curtir em temperatura ambiente por dois dias.
Depois, deve ser conservado em geladeira.
Validade: cerca de 6 meses.

Se a conserva for preparada com gengibre fresco, ficará mais saborosa.
Use-a em saladas, no arroz, como aperitivo ou como a imaginação mandar.
No entanto, depois de pronta, a conserva não pode ser cozida.

Fonte: www.curapelanatureza.com.br
Gratidão,

  1. Maria Clara Melotto  

&
Jeane Godoy